Fundação MACARTHUR anuncia agraciados com bolsas

A premiação, anunciada na semana passada, é concedida a pessoas excepcionalmente criativas que estão “comprometidas com a construção de uma sociedade mais justa, próspera, e um mundo de paz.” As bolsas são do valor de 625.000 dólares.. Dentre os ganhadores daquela que é conhecida como a “bolsa dos gênios”, encontram-se Marina Rustow, historiadora da Universidade Princeton, especializada em vida judaica no Oriente Médio medieval.

Rustow baseia seu trabalho em documentos e fragmentos de documentos recuperados da Guenizá, o depósito da antiga sinagoga Ben Ezra do Cairo, utilizando os seus conhecimentos de línguas, história social e papirologia.

Ela está reescrevendo a compreensão contemporânea da vida judaica medieval e transformando o estudo histórico do império Fatimida.

Alguns dos outros ganhadores pertencem a campos diversos. O romancista, poeta e crítico Ben Lerner, da New York City University foi escolhido pela sua exploração da “relevância da arte e do artista para a cultura moderna com humor, compaixão e inteligência. Seu livro Estação Atocha foi lançado há pouco em português.

Nicole Eisenman, outra ganhadora, de Nova York, é descrita pela Fundação MacArthur como “uma artista que está expandindo a capacidade crítica e expressiva da tradição figurativa ocidental através de obras que envolvem questões sociais e fenômenos contemporâneos.”

O advogado da saúde ambiental Gary Cohen é mais um dos 24 contemplados. Como fundador e chefe da cooperativa popular Cuidados de Saúde sem Danos, Cohen foi elogiado pela fundação por ter “liderado uma mudança de paradigma na responsabilidade percebida de prestadores de cuidados de saúde, a partir de um compromisso de serviço centrado na saúde individual do paciente e a ampla obrigação de também ‘não prejudicar’ a comunidades do entorno, seus moradores e o meio ambiente global.”

Veja também

Mil Faces do Ódio – Uma exposição educativa e necessária

NESSIM HAMAOUI E EQUIPE tem a honra de convidar para a inauguração do Espaço Kadimah …