Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro repudia veementemente a entrada no país do líder religioso iraquiano Moshen Araki.

Araki, convidado para ser palestrante em um evento em São Paulo, prega abertamente a destruição do Estado de Israel e é íntimo de lideranças de movimentos terroristas como o Hezbolá.

A FIERJ entende que não se deve permitir a entrada no país de estrangeiros que defendam a destruição de países amigos do Brasil e está trabalhando há dias em conjunto com a Confederação Israelita do Brasil, a Federação Israelita do Estado de SP, parlamentares e demais autoridades competentes, para impedir que esta visita aconteça.

Herry Rosenberg – Presidente
FIERJ – Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro

Veja também

Rabino Rubem Sternschein na Bnai Brith

A convite da B’nai B’rith, o rabino Ruben Sternschein ministrará a palestra “Há razão para …