Eduardo Wurzmann fala para público jovem na B’nai B’rith São Paulo

Como ter sucesso em épocas de crise – Trajetória profissional e de ativista comunitário. Este foi o tema tratado por Eduardo Wurzmann na fria noite de 14 de junho, na B’nai B’rith São Paulo. Otimista, considera que as pessoas se esquecem de “quanto avançamos”, de “quanto o Brasil caminhou”. Atual conselheiro da Tecnisa e da Locamerica, investindo em start ups da área de Educação, elogia os jovens empreendedores. “Eles sabem mais do que eu”. “Aprendo muito com eles, mas também fico por perto porque precisam da minha experiência”. Entre as características que mais valoriza em um profissional estão a capacidade analítica e a “gana”, a vontade, o brilho no olhar. Formado em Economia nos anos 80, decidiu fazer mestrado nos EUA, e retornou ao Brasil para trabalhar no Banco Garantia, que o atraiu por ser menos formal. “Fiz escolhas incomuns”, relatou, ao contar ter aceitado proposta de um banco de investimentos para abrir um escritório na Rússia, quando era recém-casado. Lá o casal morou dez anos. “Foi uma aventura”, disse relatando muitas passagens interessantes sobre o país após a queda do regime soviético. Voltou ao Brasil e ficou onze anos como presidente, e três como conselheiro do Grupo Educacional Ibmec, trazendo para o país a filosofia de faculdade que gera lucro, o que até então havia sido proibido. O Grupo chegou a ter mil funcionários. “É muito trabalho e muita responsabilidade, quem pensa que dirigir uma empresa é fácil, se engana”.

“Quando ganhei meu primeiro salário, meu tio me ligou e disse: você vai doar um tanto para tal instituição judaica, outro tanto para outra e assim eu fiz”. Destacou sua ação comunitária tanto no Brasil, quanto na Rússia. Hoje é secretário da Confederação Israelita do Brasil e conselheiro da Universidade de Tel Aviv.

Um exemplo de pessoa inquieta, que sabe direcionar sua vida segundo o que gosta e o que acredita, fazendo da vontade de inovar um componente para o sucesso.

Eduardo Wurzmann fala para público jovem
Charles Tawil, do Jewish In, Zeila Sliozbergas, presidente da B’nai B’rith São Paulo e Eduardo Wurzmann, na sede da entidade, onde “Dado” proferiu palestra.

 

Veja também

Logo depois do evento das 15h, temos outro igualmente interessante, às 16h45, promovido pela Loja Barão Hirsch, do Rio Grande do Sul, também pelo Zoom.

Logo depois do evento das 15h, temos outro igualmente interessante, às 16h45, promovido pela Loja …

Skip to content