Comunidade judaica participa de debate no Afroreggae sobre o conflito israelo-palestino

O projeto #CulturaDePonta, organizado no Rio de Janeiro pelo grupo cultural Afroreggae, promoveu na semana passada uma série de debates sobre a relação entre território e cultura. A questão israelo-palestina foi apresentada para alunos de Ensino Médio do Rio. Participaram Leonardo de Carvalho Augusto, graduado em História pela UERJ e mestrando em História Social da Cultura pela PUC-Rio; Enrique Rosenburt, sheliach (emissário) da Agência Judaica para Israel e coordenador do movimento juvenil judaico Habonim Dror.  A mediação foi de Dario Bialer, rabino na Associação Religiosa Israelita do Rio de Janeiro. “Orientei os jovens a focar menos os conflitos e mais as soluções. Se você não é parte da solução, pode se tornar parte do problema”, explicou Rosenburt, que representa a comunidade judaica na CEPPIR – Coordenadoria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. (Conib).

Veja também

Nota de repúdio sobre o “Desafio do Holocausto” da Rede Social TikTok

Deixe uma resposta

Skip to content