Bomba é descoberta em local sagrado para os judeus

A IDF destruiu, em uma detonação controlada, uma bomba que foi colocada no túmulo do patriarca José, em Nablus, Judéia.

O artefato estava escondido em um celular e foi descoberto durante a checagem de segurança, antes da visita de cerca de 1.000 fiéis.

Após a detonação a peregrinação ocorreu como planejado.

Quando o grupo estava saindo do local, manifestantes palestinos jogaram pedras contra os ônibus e contra os soldados israelenses que faziam a segurança do local. Ninguém ficou ferido.
O túmulo de José é sagrado para judeus, muçulmanos e cristãos. Os judeus israelenses precisam de uma permissão para visitar o local, que deve ser coordenada com as Forças de Defesa Israelense.

Segundo o “Acordo de Oslo”, de 1993, o local deveria permanecer sob o controle israelense, mas o exército evacuou as instalações em outubro de 2000, durante a segunda intifada, quando o túmulo foi incendiado por palestinos, mas restaurado em seguida. Em outubro de 2015 ele foi vandalizado novamente.

Bomba é descoberta em local sagrado para os judeus
Milhares de judeus fazem peregrinações noturnas e mensais ao local.

Notícias da ruajudaica

Veja também

Mais um evento confirmado. Participe!

Vem aí mais um encontro virtual. Desta vez o tema será Holocausto em Memória. A …

Skip to content