Boko Haran exige libertação de prisioneiros em troca de meninas sequestradas

Em pleno século 21 as pessoas continuam sendo impedidas de professar livremente uma religião de sua escolha. Mais do que isso, o ser humano passou a ser “moeda de troca”. O grupo terrorista islâmico Boko Haran divulgou hoje vídeo mostrando cem meninas cristãs que seriam parte do grupo sequestrado na Nigéria em abril. Teriam sido convertidas ao Islã e só serão devolvidas mediante troca de todos os islamitas detidos. No entanto, teme-se que muitas tenham sido levadas para outros países, dificultando seu resgate.

 

Veja também

Uma noite emocionante, marcante que reuniu ganhadores do Projeto Mergulho, da B’nai B’rith.

Com o auditório repleto de professores e alunos de escolas municipais de São Paulo, ocorreu, …

Deixe uma resposta

Skip to content