B’nai B’rith SP promove 7ª Oficina de Autocuidado no Envelhecimento

Para encerrar o mês de agosto com chave de ouro, a B’nai B’rith São Paulo promoveu a sua 7ª Oficina de Autocuidado no Envelhecimento no último dia 29.

As diversas  atividades levaram os participantes a estimular a memória de modo agradável através da arte e de brincadeiras. Depois, ao ritmo da música todos cantaram e dançaram, terminando com um gostoso bate-papo durante o chá e seus quitutes.

“As atividades escolhidas, conduzidas por especialistas em terceira idade, ou convidados especiais tem como objetivo propiciar benefícios à saúde física e mental dos participantes, tendo com base o encontro social, num ambiente de trocas e muita descontração ”, relata Zeila Sliozbergas, presidente da B’nai B’rith de São Paulo.

Com a Arte do Olhar, conduzida por Jocelyne Harari os presentes ao observarem o conteúdo de diversas obras de arte aguçaram sua  memória, em exercícios propostos pela mestre em História da Arte.  Em seguida,  a psicopedagoga e gerontóloga Raquel Dimenstein, em Significando as Palavras levou todos a brincar de adivinhar qual a palavra e Andrea Rosa Aloe, especialista em Atividade Física no Envelhecimento, colocou todos em movimento com  Na Cadência da Música.

Todos saíram levando dicas para exercitar a memória, novas formas de olhar uma obra de arte e movimentos a fazer em casa, cumprindo-se assim nesta tarde as metas das Oficinas realizadas pela B’nai B’rith São Paulo.

 

Veja também

Mona Dorf entrevista Jayme Garfinkel