B’nai B’rith do Brasil repudia barbárie

A B’nai B’rith do Brasil repudia os atos bárbaros que vem atingindo, neste momento, também os Estados Unidos.

Em Nova York, um ataque terrorista ceifa vidas de pedestres e ciclistas. Cinco turistas argentinos festejando os trinta anos de formados em Engenharia foram vítimas de um fanatizado que encontrou no terror a forma de expressar seu ódio que deixou 8 mortos e 11 feridos.

Poucos dias depois, 26 fiéis morrem numa igreja batista, no momento da oração.

Há cerca de um mês, outras 58 pessoas foram vítimas de um atirador, que da janela de um hotel semeou pânico e dor.

É preciso sabedoria para combater o fanatismo e a radicalização, ao mesmo tempo em que se educa para a convivência e o respeito às diferenças.

A boa liderança é praticada quando se administra as diferenças e não quando se administra apenas os iguais.

Em tempos de crescente intolerância, deve-se sempre destacar a importância do diálogo objetivo e sincero, da responsabilidade, dos direitos e dos deveres de cada um.

Valores como a democracia, direitos humanos, justiça e paz não são apenas palavras, precisam ser ensinados, preservados e praticados no dia a dia. Este é o objetivo que norteia as ações da B’nai B’rith em todo o mundo.

Que possamos todos contribuir para um mundo melhor.

Nossa solidariedade às vítimas e seus familiares nesse momento tão difícil.

Abraham Goldstein
Presidente nacional

Veja também

10 DE DEZEMBRO: DIA INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS

Carta do “imortal” Marcos Vinicios Vilaça, ex-presidente da Academia Brasileira de Letras – ABL, especial …

Skip to content