B’nai B’rith aplaude UNESCO por bloquear inclusão de posters antissemitas

A B’nai B’rith internacional louvou a atitude da diretora =geral da UNESCO, Irina Bokova, de vetar a aceitação de uma coleção de 1.700 cartazes de propaganda palestina para o programa Memória do Mundo, dizendo que os cartazes incentivam o antissemitismo, contrariando os valores da UNESCO.

Os cartazes foram inicialmente aprovados por um Conselho Consultivo, mas Bokova interveio e vetou a inclusão para o programa, projetado para “a preservação da memória, com as técnicas mais adequadas sobre patrimônio documental do mundo”.

A B’nai B’rith aplaudiu a atitude de Bokova, de que não há lugar para a promoção do ódio na UNESCO.  A  coleção está repleta de conteúdo horrível que vilipendia, além de glorificar a violência contra Israel e os judeus, diz a mensagem da instituição.

Veja também

Encontro Literário com Jonas Rabinovitch na B’nai B’rith

No domingo passado, a B’nai B’rith promoveu uma conversa literária com o arquiteto e urbanista …