B´NAI B´RITH AMÉRICA LATINA REJEITA E CONDENA MASSACRE NO QUÊNIA

Todos os dias, nos deparamos com massacres causados por terroristas. Síria se autodestrói há 4 anos, e ali os cristãos têm sido feridos, massacrados e crucificados. O Estado Islâmico decapita cristãos no Iraque. Boko Haram devasta as vidas dos nigerianos, afetando especialmente a vida de crianças e jovens.

Há poucas horas, 150 jovens cristãos foram assassinados em uma universidade no Quênia, pelo simples fato de professar sua fé.

Condenamos e repudiamos este ato com toda nossa voz e determinação, como deve ser com todas as formas de terrorismo, e este representa um dos mais altos níveis imagináveis de crueldade, covardia e desrespeito pela vida humana.

Acreditamos que frente a atos de tamanha gravidade, condenar não é suficiente. O Papa Francisco disse claramente: “é preciso por fim a indiferença daqueles que podem acabar com a bestialidade Jihadista”.

Nossa solidariedade para com o cristianismo, que em sua semana mais sagrada, sofreu novamente mais perseguição e morte, e nosso reiterado repúdio, que todos devem repetir até que seja ouvido devidamente.

BBLA – B’nai B’rith Latino-Americana

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …