Atentado na Nova Zelândia

Mais uma vez nos deparamos, tristemente, com uma barbárie que ceifa vidas. Desta vez na Nova Zelândia, envolvendo fieis de duas mesquitas que faziam suas orações no dia semanal mais sagrado do islamismo: sexta-feira.

Os ataques ocorreram nas mesquitas Al Noor, no centro e em uma segunda, no subúrbio de Linwood, ambos na cidade de Chrischurch.

Um atentado xenófobo, contra imigrantes, que terminou com 49 mortos e dezenas de feridos. E com ingrediente adicional de horror: um dos atiradores transmitiu as cenas horripilantes ao vivo pelo Facebook.

Segundo autoridades locais, foi o pior ataque da história do país.
Três homens e uma mulher foram detidos. O que nos chama atenção é que eles não possuíam antecedentes criminais.

Perguntamos: o que motiva essa gente a cometer algo assim, de forma fria e covarde?

Temos, constantemente, como B’nai B’rith – filhos da Aliança – observado e atuado em defesa da relevancia de uma educação democrática e responsável.

Responsabilidade esta que deve ser observada por todo e qualquer lider ou influenciador de outros seres humanos. Seja Pai ou Mãe de família, chefe comunitário, lider religioso, político regional, nacional ou mundial, a todos cabe observar cada uma de suas palavras e atitudes. Pois é através das palavras que se influencia a mente das pessoas. Por isso, cuidem da cada atitude e expressão, educam-se e promovam a busca da convivencia harmoniosa.

Que este triste episódio de ódio e loucura seja o último que as nossas sociedades venham a compartilhar.

Lamentamos imensamente o fato e enviamos aos nossos eternos primos muçulmanos os nossos mais profundos sentimentos.

A TODOS, Shalom

Abraham Goldstein
Presidente da B´nai B´rith do Brasil

Veja também

Chá Musical B’nai B’rith

Relacionado