Atentado em ônibus em Tel Aviv deixa doze feridos

Um palestino de 23 anos esfaqueou doze pessoas em um ônibus no centro de Tel Aviv, antes que a polícia pudesse detê-lo. Três pessoas ficaram gravemente feridas. O criminoso foi identificado pela polícia como Hamza Mohammed Hasan Matrouk, palestino de Tulkarem, na Cisjordânia. “Ele foi contido por um oficial dos serviços penitenciários que disparou e o feriu em uma perna”, disse a porta-voz da polícia.

Enquanto o Hamas considerou o ataque um “ato heroico”, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu responsabilizou o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas por incentivar o terror contra os judeus e seu estado. “O mesmo terror tenta nos ferir em Paris, Bruxelas ou em qualquer lugar”, afirmou.

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …