Aliados podiam ter salvado quatro milhões de judeus, diz Netanyahu

Em um discurso inflamado, o primeiro-ministro israelense Benjamim Netanyahu disse neste domingo que os Aliados falharam ao não bombardear os campos de concentração nazistas em 1942, e  ter salvado quatro milhões de judeus e milhares de outros. À luz de documentos recentemente divulgados pelas Nações Unidas,  os  Aliados estavam conscientes da escala do Holocausto já em 1942, ou seja, dois anos antes da data assumida publicamente.

www.timesofisrael.com/

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …