Alemanha: um partido ”racista, antissemita e revisionista” poderá entrar no Parlamento Europeu.

Há quase 70 anos da queda do nazismo, o ultradireitista Partido Democrático Nacional, com afinidade com o nacional-socialismo do genocida Hitler, se beneficiaria de uma mudança na lei eleitoral alemã que já não limita o acesso a movimentos que obtenham menos de 3% dos votos. “A Europa é o continente dos brancos”, desafiou seu candidato, Udo Voigt.

Veja também

Cine-Debate. Mais um evento de sucesso aconteceu dia 22/03 mas em outro formato!

Por conta da atual necessidade de isolamento social por causa da pandemia do corona vírus, …

Deixe uma resposta

Skip to content