20ª Edição do Festival de Cinema Judaico: 31/Julho-7/Agosto

O clube A Hebraica realizará seu 20º Festival de Cinema Judaico entre os dias 31 de julho e 7 de agosto. Serão exibidos 23 filmes de temática judaica, entre ficções e documentários. O filme de abertura, “Persona Non Grata”, conta a história do diplomata japonês Sugihara, que agiu contra as ordens de seu governo e salvou milhares de judeus dos nazistas. Um dos destaques é o documentário “Rabin em suas próprias palavras” (2015), em que o próprio líder israelense narra sua história, por meio de uma combinação de imagens de arquivos raras, filmes caseiros e cartas privadas. Outros destaques são: “Hummus! O Filme”, que retrata uma viagem ao redor do mundo, por diferentes religiões e culturas, para descobrir as origens da iguaria; e “Jeruzalem”, um filme de terror que se passa na Cidade Velha. Como homenagem à atriz israelense Ronit Elkabetz, recentemente falecida, será reexibido o filme “A Banda”, que conta a história de uma banda da polícia egípcia em Israel. A mostra será exibida no clube A Hebraica, no Museu da Imagem e do Som (MIS) e no Cinemark Higienópolis. No MIS a entrada será gratuita.

Veja também

Covardia e palavras ao vento

No dia de Yom Kippur, na cidade de Halle, Alemanha, um cidadão alemão, de nome …