União Europeia condena ataques do Hamas a Israel

A União Europeia condenou os ataques do Hamas a Israel, considerando “inaceitáveis” os lançamentos de foguetes e de balões incendiários contra o território israelense. Em comunicado, a UE reconheceu o direito de Israel de se defender, mas pediu ‘moderação’ ao país na resposta aos ataques do Hamas “para evitar as baixas civis em Gaza”. “Evitar a escalada de violência e proteger a população civil devem ser prioridades”, diz o comunicado da UE, ao manifestar a preocupação do bloco europeu com o risco de um conflito em larga escala na região. A UE manifestou ainda “total apoio” aos esforços de mediação do Egito e das Nações Unidas em favor de um acordo de cessar-fogo na região. “Continuaremos a trabalhar em conjunto com nossos parceiros para ajudar na busca de solução para a situação humanitária e apoiar a reconciliação palestina para unir Gaza e Cisjordânia sob uma Autoridade Palestina única e legítima”, concluiu o comunicado europeu.
Conib

Veja também

Facebook cria sala de guerra contra manipulação em eleição no Brasil e nos EUA

Uma sala de conferências de aproximadamente oito por dez metros de área está sendo construída …