Tribunal Europeu inverte o estatuto do Hamas como organização terrorista

O Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE), o segundo mais alto da União Europeia, excluiu o Hamas da lista de organizações terroristas. “É uma decisão jurídica de um tribunal, não uma decisão política tomada pelos governos da UE,” disse o comunicado da União Europeia. A decisão coincide com o aumento da impaciência em relação à estagnação do processo de paz no Oriente Médio. Mas ainda foi mantido provisoriamente o congelamento de bens do grupo na UE. A organização havia sido incluída na lista em dezembro de 2001.

ww.nytimes.com

Veja também

Seminário e lançamento de livro marcam os sete anos da Cátedra da Cultura Judaica da PUC-SP

Nesta quarta-feira, 22 de novembro, a PUC-SP celebra os sete anos da Cátedra da Cultura …