Sinagoga de Seatle grafitada com frase: “HOLOCAUSTO É HISTÓRIA FALSA”

A polícia disse que uma sinagoga de Seattle, no bairro de Capitol Hill, foi vandalizada com graffiti antissemita negando o Holocausto.
O Seattle Times informou que um policial descobriu a mensagem pintada com spray, na sexta-feira pela manhã, numa parede externa do Templo de Hirsch Sinai.

O rabino Daniel Weiner diz que a mensagem era: “o Holocausto é história falsificada”. Os carácteres s ($) nos graffitis são sinais de dólar.
Weiner diz que “realmente é uma mistura tóxica de negação do Holocausto, a acusação estereotipada de que os judeus estão obcecados com o dinheiro e a noção que vem da administração (do Presidente Trump) de que todos os fatos são fungíveis. Fatos falsos, história falsa”.
Weiner disse que por um tempo, uma folha de papel dizendo “Love Wins” (O amor vence) estava pendurada sobre o graffiti mas que, embora fosse um gesto tocante, ele acha importante as pessoas verem o que foi feito.
A polícia de Seattle está investigando o incidente como um crime de ódio.
O governador Jay Inslee disse num comunicado que ele continua em parceria com a comunidade judaica como ele tem estado com todos os washingtonianos.
A vandalizada sinagoga de Seattle é a mais recente de uma crescente linha de ataques e ameaças antissemitas visando instituições judaicas dos EUA. O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, ajudou no trabalho de limpeza. O presidente dos EUA, Donald Trump, repetidamente desautorizou esses ataques.
www.ruajudaica.com

Sinagoga-de-deatle
Sinagoga de Seatle
Cemiterio-judaico
Cemitério judaico vandalizado em Saint Louis

 

Veja também

Trump2

Trump em Israel

Foto: RTP   |   www.bbc.com Relacionado