Rabino, monja e jornalista vão debater sobre como a mentira pode ser um obstáculo a cultura da paz

Como a mentira pode ser um obstáculo a cultura da Paz?

Como dividir o mundo entre verdade e mentira?

Para discutir esses temas relevantes, o Ministério da Cultura, a Congregação Israelita Paulista (CIP) e a Livraria Cultura realizam no dia 19 de junho, às 19h, na Arena da Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, o evento Dilemas Éticos, com a participação do Rabino Michel Schlesinger, da Monja Cohen e do jornalista Gilberto Dimenstein que vão debater o tema “Mentira- Um obstáculo a Cultura da Paz”.

“O medo de ser enganado não pode reduzir a liberdade de que cada um tenha e possa demonstrar sua visão de realidade. A ditadura de uma única interpretação dos fatos é mais assustadora do que a necessidade de checar e confrontar diferentes fontes de informação”, destaca o rabino Michel Schlesinger.

Formado em Direito pela USP, Michel Schlesinger é rabino da Congregação Israelita Paulista (CIP) e representante da Confederação Israelita do Brasil para o diálogo inter-religioso.

Fundadora da comunidade Zen-Budista no Brasil, a Monja Cohen é missionária oficial da tradição Sotoshu com sede no Japão. Participa de encontros educacionais, culturais e inter-religiosos com o objetivo de divulgar a cultura da paz.

Gilberto Dimenstein é jornalista, educador, idealizador e coordenador do portal Catraca Livre. Foi acadêmico visitante no programa de Direitos Humanos da Universidade de Columbia (Nova York).

Patrocinadores: Itaú-Unibanco, Rosset, GR Segurança, Bemol e Focus Energia.

Veja também

Facebook cria sala de guerra contra manipulação em eleição no Brasil e nos EUA

Uma sala de conferências de aproximadamente oito por dez metros de área está sendo construída …