Rabino Henry Sobel recebe homenagem antes de retornar aos EUA

Por iniciativa conjunta da família de Vladimir Herzog, Congregação Israelita Paulista e Comissão Nacional de Diálogo Religioso Católico-Judaico-DCJ, o rabino Henry Sobel, que voltará a residir nos Estados Unidos no final deste ano, será homenageado hoje, às 19 horas, no Memorial da Resistência.

A homenagem será prestada devido ao papel fundamental desempenhado por Sobel, ao lado de D. Paulo Evaristo Arns e do reverendo James Wright, que lideraram e celebraram um ofício inter-religioso pela alma de Vladimir Herzog, torturado e assassinado no DOI-CODI em 25 de outubro de 1975, quando era diretor de Jornalismo da TV Cultura.

Em 31 de Outubro do mesmo ano, apesar da mordaça da censura, e da cidade sitiada pela polícia, mais de oito mil pessoas se reuniram na Catedral de São Paulo e em seus arredores para o culto inter-religioso, em um corajoso brado de solidariedade, dor e revolta que se espalhou pelo país e se tornou o marco inicial do processo de derrocada da ditadura e de redemocratização do Brasil.

Veja também

Nova York tem tentativa de ataque terrorista nesta manhã

O maior terminal rodoviário do mundo foi palco da tentativa de um ataque terrorista, conforme …

Deixe uma resposta