Projeto Common Sounds reúne crianças árabes e judias por meio da música

O projeto “Common Sounds”, surgiu no Vale de Jezreel, no norte da Galileia, em Israel. A coordenadora Lea Zait conta que o foco é “reunir diferentes grupos de estudantes, tanto de escolas judaicas quanto de escolas árabes, para fazerem música juntos. Assim, eles constroem uma relação de confiança”. Ela explica a escolha da música para tal tarefa: “Acreditamos muito na força e na habilidade da arte em reunir as pessoas para construírem algo novo”. Um vídeo anexo mostra alunos das escolas Alroa (árabe) e Merhavim (judaica) reunidos para brincar, fazer atividades manuais e cantar. Tanya Kapystiansky, professora de música da escola Merhavim, resume o efeito do projeto para as crianças: “Química e conexão estão sendo criadas aqui”. Para Farid Grefat, diretor da escola Alroa, o projeto “é muito importante para a cultura, para a religião e também para a convivência. Você conhece alguém diferente e o aceita, a outra pessoa te conhece e te aceita também”.

Conib

Veja também

Rabino, monja e jornalista vão debater sobre como a mentira pode ser um obstáculo a cultura da paz

Como a mentira pode ser um obstáculo a cultura da Paz? Como dividir o mundo …