Primeiro-ministro de Israel reclama da exclusão do Hamás

O premiê israelense, Benjamin Netanyahu, protestou contra a decisão da União Europeia de retirar o Hamas da lista de grupos terroristas. “Hamas é uma organização terrorista assassina que em sua Carta diz que seu objetivo é a destruição de Israel”. (AFP).

Veja também

Mergulho, peça sobre tolerância e identidade vai até 28/10

Espetáculo sobre tolerância, alteridade e diversidade estreou em outubro. Dirigido a jovens e adultos, a …