Prem Rawat fala no Senado italiano sobre a paz

Cerca de 200 pessoas participaram de um evento para ouvir sobre o impacto da“Promessa de Paz” conhecida como a Declaração de Bruxelas no Parlamento Europeu em 2011.Ouviu-se um advogado internacional para a paz, falando sobre os benefícios sociais de paz, no Palazzo Giustiniani, casa do Senado italiano e Prem Rawat, que foi agraciado mais uma vez com o título de Embaixador da Paz. A audiência incluiu senadores, ministros, membros do Parlamento italiano, e Embaixadores, bem como proeminentes atores italianos, estudantes e jornalistas locais.

Apresentado pelo  presidente do Senado italiano, o senador Renato Schifani,entre os participantes estavam Emilio Colombo, senador vitalicio; Vice-Presidente da União Européia, Gianni Pittella MEP; Andrea Riccardi, Ministro da Cooperação Internacional e Integração, e Marco Rossi Doria, Ministro Adjunto do Ministério da Educação, Universidade e Pesquisa.

Estes ilustres convidados juntaram-se ao painel de oradores, além da  atriz e cantora, Lavini Paola, e apresentadora de TV, Michele Mirabella, ambas recitando citações sobre o tema da paz.

Esta é a segunda vez Prem Rawat foi convidado a falar no Senado, a primeira foi em abril de 2007.

O Sr. Rawat foi  nomeado mais uma vez o Embaixador da Paz pela  Declaração de Bruxelas, a Promessa de Paz , da qual a Fundação Prem Rawat (TPRF) foi fundadora signatária, em novembro de 2011.

Depois de falar com a plateia por 20 minutos, Prem Rawat foi convidado a responder perguntas de alunos com o Presidente Gianni Pittella.

“Em consideração ao seu compromisso permanente de promover e divulgar uma visão de paz por mais de quatro décadas,  e em consideração ao seu papel na promoção dos valores importantes da dignidade humana, da fraternidade entre os homens, e paz, como demonstrado pela Fundação Prem Rawat,

Nós, do secretariado devidamente autorizados, registramos que, tendo sido a fonte de inspiração para a Declaração das Intenções, assinado no Parlamento da União Europeia em 28 de novembro, 2011, convencionalmente chamado de “A Promessa de Paz”.

Veja também

Seminário e lançamento de livro marcam os sete anos da Cátedra da Cultura Judaica da PUC-SP

Nesta quarta-feira, 22 de novembro, a PUC-SP celebra os sete anos da Cátedra da Cultura …

Deixe uma resposta