Polônia faz última busca por criminosos nazistas

Agora a Polônia faz a última busca por criminosos nazistas. Os promotores querem localizar e levar a julgamento ex-funcionários da SS ainda vivos. Cerca de 1600 nomes já foram selecionados e estão sendo enviados à Interpol.

Os promotores estão diante de uma tarefa ambiciosa: encontrar membros da SS (organização paramilitar do Partido Nazista) que cometeram crimes em campos de concentração nazistas durante a Segunda Guerra Mundial e leva-los a julgamento.

“Temos provas contra essas pessoas e informações exatas, com n nomes e funções que exerceram nos campos de concentração”, revela diz o promotor Robert Janicli, do Instituto da Memória Nacional (IPN).

O Instituto fundado em 1999 ocupa-se da história da Polônia durante as ocupações alemã e soviética e já iniciou centenas de inquéritos sobre os crimes nazistas.

Eles investigam sobretudo execuções em massa e ações de limpeza étnica em vilarejos durante a ocupação nazista (1939-1945). DW – Deutsche Welle

Veja também

Mergulho, peça sobre tolerância e identidade vai até 28/10

Espetáculo sobre tolerância, alteridade e diversidade estreou em outubro. Dirigido a jovens e adultos, a …