Os fascistas estão voltando à França?

Uma análise da trajetória do partido nacional (FN) francês e das mudanças realizadas por Mariane Le Pen, desde 2011 quando assumiu sua presidência, e que resultaram no sucesso nas eleições europeias. Quatro mil  estudantes saíram às ruas de Paris para protestar contra a FN, o que se repetiu em diversas cidades francesas. O FN é tido como um partido de visão nacionalista extremo, que se aproveita dos problemas econômicos para insuflar o ódio ao imigrante. Depois da vitória, o Ministro das Finanças alemão Wolfgang Shaube disse não ter dúvidas de que é um partido “fascista”, e autoridades no Reino Unido que não trabalharão com este partido antissemita. Vale a pena conferir porque está crescendo tanto, em:  http://www.folha.uol.com.br

Veja também

Mergulho, peça sobre tolerância e identidade vai até 28/10

Espetáculo sobre tolerância, alteridade e diversidade estreou em outubro. Dirigido a jovens e adultos, a …

Deixe uma resposta