Os crimes de ódio e a Semana de Direitos Humanos

No Brasil, a legislação deu “um passo para trás”, pois o Código Civil da Internet ignorou os crimes de ódio e de intolerância religiosa. Também era necessária a retirada desses posts em 24 horas pelos provedores, até que as questões fossem analisadas, assim que houvesse a solicitação de usuário. Mas, a nova legislação exige que um juiz peça ao provedor que tire o post, e que o caso seja julgado pela justiça. Na atualidade, a veiculação do ódio pela internet cresce assustadoramente, e quanto mais tempo ficar no ar, pior é para todos os atingidos. Além disso, é preciso uma mudança de mentalidade, inclusive dos juízes. Racismo é crime! E deve ser tratado como tal, seja em relação à internet ou a qualquer fato do dia a dia. Infelizmente, isto ainda não acontece em nosso imenso Brasil. Na semana em que celebramos os Direitos Humanos, lembramos: é preciso que sejamos mais humanos para respeitar o humano que existe no outro.

Veja também

B’nai B’rith na 10ª caminhada que reuniu 50 mil em prol da liberdade religiosa no RJ

A comunidade judaica participou em peso no domingo, 17 de setembro, com milhares de pessoas …