Orquestra Filarmônica Jovem de Israel faz dois concertos na São Paulo

A Orquestra Filarmônica Jovem de Israel, formação que prepara músicos para a aclamada Filarmônica de Israel, está em nova turnê brasileira. Em São Paulo serão dois concertos, na Sala São Paulo: nos dias 15 e 18/11, às 21h. No programa, duas obras de Brahms, uma delas o Concerto Op. 77, tendo como solista o prodigioso violinista Guy Braunstein (músico que por treze anos foi spalla da Filarmônica de Berlim). A regência é do maestro Eyal Ein-Habar.

Reconhecidamente de altíssimo nível, a Orquestra Filarmônica Jovem de Israel traz “o selo de aprovação” da Orquestra Filarmônica de Israel, aclamada como uma das melhores do mundo. Vale dizer que se apresenta todos os anos sob regência de Zubin Mehta e tem dois discos gravados com o legendário maestro.

Os dois concertos acontecem em comemoração aos 70 anos da Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) e terão a participação de cinco alunos brasileiros que integram o programa de bolsas de estudos para jovens talentosos do mundo todo.

A Escola de Música Buchmann-Mehta tem um bem-sucedido Programa Internacional de Bolsas para Estudantes Estrangeiros, que proporciona a jovens músicos de todas as partes do mundo a possibilidade de estudar em condições ideais em Tel Aviv.

Haverá ainda um terceiro concerto em São Paulo, em 16/11, na quadra da Escola de Samba Unidos de Vila Maria, além de apresentações em Belo Horizonte (12/11), Curitiba (14/11) e Ribeirão Preto (concerto ao ar livre em 19/11).

Veja também

Nova York tem tentativa de ataque terrorista nesta manhã

O maior terminal rodoviário do mundo foi palco da tentativa de um ataque terrorista, conforme …