O que Ben Affleck não entende sobre o Islã?

Por Rabino Shmuley Boteach

Ben Affleck não está fazendo um favor ao islamismo, quando defende o silêncio. Ao contrário, o Islã é uma grande religião mundial e que passou por séculos de iluminação e de tolerância. Nós, judeus, fomos beneficiados dessas épocas, como na Espanha, na Idade de Ouro e no Egito…

Mas o Islã está passando por uma fase difícil, quando muitos muçulmanos matam em seu nome. Negar este fato é esticar e exagerar o politicamente correto a um extremo nocivo e corrosivo.

… há definitivamente um problema nos países muçulmanos do Oriente Médio que apoiam a violência e não a condenando claramente em nome do Islã.

Nos países muçulmanos europeus como a Bósnia, e em mais países seculares como a Turquia, o número de adeptos muçulmanos que abraçam estas barbáries é perto de zero.

Portanto, há definitivamente um problema nos países muçulmanos do Oriente Médio que apoiam a violência e não a condenando claramente em nome do Islã.

Isso é uma blasfêmia contra o Islã. Além disso, afeta uma grande religião mundial. E as personalidades influentes e bem-intencionadas, como Ben Affleck deviam as condena r em vez de diminuir a sua malignidade e gravidade.

 

http://observer.com/

Veja também

Seminário e lançamento de livro marcam os sete anos da Cátedra da Cultura Judaica da PUC-SP

Nesta quarta-feira, 22 de novembro, a PUC-SP celebra os sete anos da Cátedra da Cultura …

Deixe uma resposta