Netanyahu condena ataque contra soldado

O primeiro-ministro Binyamin Netanyahu se juntou a uma série de políticos, condenando o ataque no início da noite contra um soldado haredi por dezenas de homens ultrao-ortodoxos no bairro Mea She´arim de Jerusalém. “Vamos tomar uma posição dura contra aqueles que tentam instilar o medo nos cidadãos, cumprindo seu dever para com o Estado “, disse o primeiro-ministro. Netanyahu acrescentou que o número de haredim que se alistam no exército tem “crescido significativamente nos últimos anos”.

Veja também

Campanha CHARIDY Fundo de Bolsas Ninguém Fica de Fora

Para o professor Jonathan Sacks, rabino chefe da Inglaterra, “Os judeus sobreviveram, simplesmente, porque devotaram …

Deixe uma resposta