Memorial Foundation, Fisesp e Conib promovem em São Paulo

Com a participação de líderes comunitários do Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Cuba, a Memorial Foundation for Jewish Culture, a Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) e a Confederação Israelita do Brasil (Conib), promoveram, de 27 a 29 de janeiro, no Centro Judaico Bait, em São Paulo, o Seminário Nahum Goldmann Fellowship.

Com o tema “Dando Novas Formas à Identidade Judaica e as Comunidades Judaicas Latino-Americanas”, o evento promoveu a troca de experiências entre diferentes comunidades e propiciou aos participantes a oportunidade de entrar em contato com palestrantes do mais alto nível do mundo judaico contemporâneo, tais como: Daniel Fainstein, da Universidade Hebraica do México; Saul Berman, rabino e acadêmico norte-americano e professor da Yeshivá University dos Estados Unidos, Sergio Wider, do Centro Simon Wiesenthal, e os rabinos David Weitman e Michel Schlesinger, de São Paulo, entre outros.

“Tivemos um evento de altíssimo nível, com a participação de jovens lideranças de diversos países que puderam desfrutar de uma programação muito rica. Além de fortalecer o conteúdo judaico destes jovens, que está dentro dos objetivos da gestão da Conib, pudemos observar a formação de uma rede de contatos entre os integrantes do Seminário, que puderam compartilhar dados, experiências e projetos. Pretendemos organizar novas atividades para que este convívio se perpetue”, frisou o secretario geral da Conib, Fernando Lottenberg.

Para o presidente da Federação Israelita, Mario Fleck, a questão de liderança e da juventude são temas prioritários para a Federação Israelita. “Temos uma grande preocupação com as perspectivas de continuidade do trabalho comunitário no futuro, principalmente com a formação de novas lideranças e a transferência de responsabilidades entre gerações. O Seminário Nahum Goldmann Fellowship veio ao encontro destas prioridades”.

“O grande diferencial foi que além de ouvirmos grandes apresentações, tivemos também a oportunidade de dialogar e nos escutar mutuamente. Saímos com uma forte sensação e vontade de transformar o aprendizado em ações concretas”. complementou o diretor da Fisesp, Alberto Milkewitz.

Veja também

Nova York tem tentativa de ataque terrorista nesta manhã

O maior terminal rodoviário do mundo foi palco da tentativa de um ataque terrorista, conforme …

Deixe uma resposta