Medalha Albert Sabin de Direitos Humanos

A partir da esquerda: Mauro Wainstock, o deputado Gerson Bergher, a vereadora Teresa Bergher e Jayme Salim Salomão, presidente da Federação Israelita-RJ (FIERJ). Foto: José Carlos Veloso

Por iniciativa da vereadora Teresa Bergher , o jornalista Mauro Wainstock ieve o privilégio de receber a “Medalha Albert Sabin”, concedida àqueles que “contribuem para o incremento das relações entre o Brasil e Israel e lutam contra a discriminação”. Na entrega da comenda, ela afirmou: “é uma honra muito grande te entregar esta medalha. Parabéns por tudo!”

O evento ocorreu na Câmara Municipal/RJ, que estava lotada. Na ocasião, o “chazan” (cantor) Oren Boljover, da Associação Religiosa Israelita (ARI), foi agraciado com o título de “Cidadão Honorário do Município do Rio de Janeiro” e alguns dos principais membros do Poder Judiciário foram reconhecidos pelo trabalho que desempenham: Humberto Eustáquio Soares Martins, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), recebeu a “Medalha Tiradentes”; e Jorge Mussi, ministro do STJ, a “Medalha Pedro Ernesto”. Também foram homenageados com a “Medalha Albert Sabin”: Marco Aurélio Bellizze de Oliveira (ministro do STJ), Gizelda Leitão (desembargadora), Gino Liccioni (procurador da República), Gustavo Binenbojm (procurador do Estado do Rio de Janeiro), Bruno Armbrust, Caio Cesar Vieira Rocha, Raul Cutait e Antonio Claudio Ferreira Netto, além do ator Marcelo Novaes. 

Veja também

Festa das Luzes

Amigos e colegas de Diálogo! A Festa das Luzes é um encontro para todas as …

Deixe uma resposta