Legado judaico celebrado no 15º. Dia Europeu de Cultura Judaica

A Espanha, com a participação de 25 cidades, foi um dos cerca de 30 países europeus a marcarem a data que este ano abordou o papel das mulheres na cultura judaica. As atividades se estenderão por toda esta semana. Cada cidade abordou um aspecto diferente da cultura. Os eventos de Barcelona são de caráter intelectual. Em Cuenta foi organizada uma feira gastronômica celebrando as invenções culinárias da dona de casa sefardita. Outras cidades apresentaram concertos de música ladina, enfatizando as que foram compostas e executadas por mulheres.

Em Bruxelas a data foi marcada pela reabertura do Museu Judaico.

Na Itália foram realizadas atividades em mais de 70 cidades, incluindo grandes festivais culturais em Roma e em Milão.

Em Belarus, a organização educacional Limud e a embaixada israelense em Minsk anunciaram um plano para centralizar a próxima conferência da organização no ex-país soviético em torno da história da família da ex-primeira-ministra israelense Golda Meir, que nasceu no que hoje é a Ucrânia, mas cujos pais vieram de Pinsk, em Belarus.

Veja também

Festa das Luzes

Amigos e colegas de Diálogo! A Festa das Luzes é um encontro para todas as …

Deixe uma resposta