Israel vai congelar a construção de assentamentos?

Autoridades em Jerusalém disseram que Israel deverá congelar a construção de assentamentos, para a eventual retomada das negociações com os palestinos.
Este seria um dos resultados da visita do presidente Obama à Israel e do secretário de Estado dos EUA para o Oriente Médio, John Kerry.

Por enquanto não haverá uma declaração oficial, disse a mesma fonte ao Ynet, “mas, discretamente, silenciosamente, a construção fora dos grandes blocos será interrompida, como parte de entendimentos entre Israel e os EUA.”

Oficialmente, Netanyahu, apoiado por seus ministros, se recusou a atender a este pedido bem como a quaisquer outras demandas.

Netanyahu vê como um movimento estratégico a retomada das negociações. “Vai levar um tempo, mas as negociações serão retomadas. Agora, eles estão procurando uma solução que permita salvar Abbas. Há uma grande pressão americana e, após a visita de Obama, Netanyahu, está muito interessado em retomar as negociações.”

No entanto, funcionários seniores de Jerusalém presentes nas negociações entre o secretário de Estado John Kerry e o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu afirmam que Israel não tem a intenção de tomar medidas para estimular a confiança dos palestinos. “Os ministros são unânimes sobre a decisão de não ceder a qualquer pré-condição dos palestinos para retornar ao processo de negociação”.

Por outro lado, Israel não está apresentando nenhuma pré-condição, “nem mesmo o reconhecimento de Israel como o lar nacional do povo judeu”.

Veja também

Campanha CHARIDY Fundo de Bolsas Ninguém Fica de Fora

Para o professor Jonathan Sacks, rabino chefe da Inglaterra, “Os judeus sobreviveram, simplesmente, porque devotaram …

Deixe uma resposta