Empresa israelense está desenvolvendo pílula de insulina

Até hoje, a única forma de tratar a diabete tipo 2 é pela injeção de insulina. No entanto, uma pequena empresa com sede em Tel Aviv, a Oramed, está desenvolvendo uma pílula que ultrapassa o problema de que a insulina é destruída pelas enzimas no sistema digestivo. O novo método, mais barato que o tratamento convencional, será testado por um ano em 150 pacientes e depois em um teste final de larga escala. (Alef)

Veja também

Convenção da Conib ganha brilho filosófico com presença de Bernard-Henri Lévy

De 23 a 25 de novembro, a Confederação Israelita do Brasil (Conib) promoveu em São …

Deixe uma resposta