Empresa israelense está desenvolvendo pílula de insulina

Até hoje, a única forma de tratar a diabete tipo 2 é pela injeção de insulina. No entanto, uma pequena empresa com sede em Tel Aviv, a Oramed, está desenvolvendo uma pílula que ultrapassa o problema de que a insulina é destruída pelas enzimas no sistema digestivo. O novo método, mais barato que o tratamento convencional, será testado por um ano em 150 pacientes e depois em um teste final de larga escala. (Alef)

Veja também

Seminário e lançamento de livro marcam os sete anos da Cátedra da Cultura Judaica da PUC-SP

Nesta quarta-feira, 22 de novembro, a PUC-SP celebra os sete anos da Cátedra da Cultura …

Deixe uma resposta