Documentário sobre sobrevivente do Holocausto ganha Oscar uma semana após sua morte

Um documentário sobre a mais velha sobrevivente do Holocausto ganhou o Oscar, uma semana após a suar morte. Alice Herz-Sommer, que morreu em Londres em 23 de Fevereiro com 110 anos, foi o tema do documentário The Lady In Number 6: Music Saved My Life. Concertista de piano, foi prisioneira em Theresienstadt. Ao receber o Oscar, o diretor do filme, Malcolm Clarke, disse que ele ficou tocado pela extraordinária capacidade de alegria de Herz-Sommer e por sua incrível capacidade de perdoar. Aos 106 em entrevista ao jornal Haaretz disse que o segredo de sua longevidade era ser bom, ser grata, ser otimista. Jornal Haaretz

 

Veja também

Seminário e lançamento de livro marcam os sete anos da Cátedra da Cultura Judaica da PUC-SP

Nesta quarta-feira, 22 de novembro, a PUC-SP celebra os sete anos da Cátedra da Cultura …

Deixe uma resposta