Convenção da Conib trará Sharansky, símbolo da dissidência soviética

A Conib realiza anualmente no mês de novembro sua convenção nacional, em que reúne representantes das entidades federadas de 14 estados brasileiros.

Este ano, em sua 47ª edição, o evento terá um convidado especial: o presidente da Agência Judaica, Natan Sharansky, que virá diretamente de Israel.

Ativista pelos direitos humanos na antiga União Soviética, foi colocado em confinamento solitário por quatro anos, em uma prisão da Sibéria, durante os quais fez greve de fome por 37 vezes. Conseguiu sobreviver jogando xadrez consigo mesmo, sem mesa ou peças. Muitos anos depois, o campeão mundial Garry Kasparov visitou Israel e jogou contra ele numa simultânea. Sharansky ganhou.

Símbolo da dissidência soviética, foi o primeiro preso político libertado por Mikhail Gorbachev, em 1986, graças à pressão internacional. Imediatamente emigrou para Israel.
Passou a trabalhar pela libertação dos judeus soviéticos e sua integração no Estado judeu. Foi o principal responsável pela histórica marcha em Washington, em 1987, em favor da libertação dos judeus daquele país, que contou com a presença de 250 mil pessoas, durante visita de Gorbachev. O lema era: “Let my people go”.

Entre 1996 e 2005, ocupou cargos em sucessivos governos israelenses, entre eles o de ministro de Assuntos da Diáspora. Desde 2007, é membro do Conselho do Museu da Diáspora, em Tel Aviv. E desde 2009, é o presidente da Agência Judaica, que tem como função principal fomentar a continuidade da vida judaica em todo o mundo.

O jantar da convenção, que acontece em São Paulo, será uma ótima oportunidade para encontrar este grande lutador do mundo judaico, de Israel e da liberdade. O valor do convite é de 500 reais.

O evento conta com o apoio institucional da Agência Judaica e da Hebraica, sendo uma maneira de a Conib abrir sua convenção para um público mais amplo.

natan_sharansky

Veja também

Nova York tem tentativa de ataque terrorista nesta manhã

O maior terminal rodoviário do mundo foi palco da tentativa de um ataque terrorista, conforme …