Cônsul que salvou milhares de judeus é homenageado hoje

Aristides de Souza Mendes, o cônsul português que salvou 35.000 pessoas do Holocausto é homenageado hoje na França, com lançamento de livro e filme que contam a sua história.

A partir de 1º. de novembro estará a venda o livro “Sousa Mendes, Le Consul de Bordeaux – Regards sur la Belgique et l’Europe au XXème Siècle” (”Sousa Mendes, O Cônsul de Bordéus – Olhares sobre a Bélgica e a Europa no século XX”), editado pela L’Harmattan.

O filme “O Cônsul de Bordéus”, de João Correa e Francisco Manso, foi lançado em 2012 em Portugal. Por volta de 1989, João Correa percebeu que em Bordéus ninguem conhecia o cônsul, a não ser o padre e um professor, e resolveu pesquisar se era verdade o que lhe contaram, ao confirmar a veracidade dos fatos achou que era uma bonita história para o cinema.

www.dnoticias.pt

Veja também

Bélgica corta ajuda financeira a escolas palestinas por homenagem a terroristas

A Bélgica decidiu suspender a ajuda financeira a escolas palestinas que prestam homenagem a terroristas. …