Concurso Fábio Dorf de Direitos Humanos da B’nai B’rith Brasil completa quinze anos e traz muitas novidades

A Contribuição dos Judeus, Marranos e Cristãos-Novos na Construção do Brasil

Ao completar quinze anos de existência, o Concurso Fábio Dorf da B’nai B’rith do Brasil traz diversas inovações.

O Concurso  sempre se caracterizou ao propor temas que pedem ao aluno das escolas judaicas uma pesquisa, avaliação, reflexão e contribuição criativa. E as escolas, educadores e alunos sempre responderam à altura.

“Desta vez não será diferente”, acredita Abraham Goldstein,  presidente nacional da B’nai B’rith.

Em 2016 o tema é: A Contribuição dos Judeus, Marranos e Cristãos-Novos na Construção do Brasil, com especial atenção para a influência dos valores judaicos no enfrentamento da realidade.

Abraham Goldstein explica: “ao mostrar que os judeus, marranos e cristãos-novos estão presentes na construção do nosso Brasil a mais de 500 anos, e que seus antepassados contribuíram para a formação deste país, os alunos verão que estão de fato integrados a esta história, levando a um fortalecimento da identidade judaica no Brasil”.

Outra inovação é o material de apoio fornecido às escolas: a B’nai B’rith solicitou as professoras Dras. Eneida Ribeiro e Daniela Levy,  do Núcleo de Pesquisas da Professora Dra. Anita Novinsky, da Universidade de São, que recém lançou o livro: “Os Judeus na Construção do Brasil” –  o desenvolvimento de duas vídeoaulas com fatos e personagens relevantes da história da Península Ibérica e do Brasil, além de um power point  com explicações mais detalhadas, que já foram disponibilizados às escolas participantes do certame.

Para se aproximar da linguagem do aluno, o trabalho final deverá ser uma gravação em vídeo, com som e imagem.

Hoje, não dá para falar em história do Brasil sem a participação dos judeus, tanto no período colonial, quanto posterior. Mas isto não está nos livros didáticos. Assim mais uma vez a B’nai B’rith busca contribuir com as nossas escolas, nesta parceria que comemora quinze anos de sucesso.

Veja também

Federação Israelita do Estado de São Paulo repudia vinda do Aiatolá Mohsen Araki ao Brasil

A Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp), entidade que representa a comunidade judaica …