Caos em Israel com tempestades por todo o país

Com luzes piscaram e galhos de árvores atingindo linhas de energia em todo o país, nesta segunda-feira, os israelenses continuaram a se preparar para uma semana de chuvas torrenciais, ventos tempestuosos, e neve em Jerusalém na próxima quarta-feira.

Chuva e tempestades atingem quase todo Israel, com ventos de até 85 quilômetros por hora a partir do Norte até a Berseba, diminuindo a cerca de 65 Kms por hora em Arava e 35 kms por hora em Eilat, segundo o IMS – Serviço de Meteorologia de Israel.

A neve continuava a cair sobre o monte Hermon, fechando resorts de esqui com temperaturas mais frias do que o habitual em todo o país. Inundações em curso atormentam cidades costeiras, bem como há riscos de inundações nos leitos dos rios do Sul, Vale do Jordão e no Deserto da Judéia.

Como em invernos anteriores, Mall Modi´in de Azrieli foi completamente inundada no primeiro andar, a polícia e os bombeiros evacuaram todas as lojas. A água criou um verdadeiro rio, segundo testemunhas oculares.

“Para garantir a segurança dos visitantes, nas próximas horas o shopping deve ser drenado e irá reabrir como de costume.” Em Jerusalém, os bombeiros se esforçavam para lidar com árvores caídas, contra torres de energia elétrica. Antenas que atingiram carros também já foram retiradas, durante a chuva e a queda de granizo.

Episódios semelhantes também já sacudiram a cidade de Tel Aviv-Yafo, com 217 eventos problemáticos já atendidos até o meio-dia desta segunda-feira. Entre eles apartamentos e terrenos alagados, 55 árvores e galhos caídos, 21 obstáculos nas estradas, 20 falhas de sinais de energia, 11 antenas bloqueadas, problemas com esgoto, construções, telhado, cabos de eletricidade danificados, erosão nas estradas em com quatro incidentes.

Além disso, o município alertou motoristas e pedestres que existem falhas em sistemas de semáforos em várias partes da cidade. Um guindaste caiu e bateu no vidro do prédio ao lado.

As cidades se prepararam para os estragos potenciais da tempestade, com mais equipes operacionais  e funcionários de serviços sociais para distribuir cobertores e bebidas quentes aos sem-teto. Nos últimos anos, tem sido prioritárias a prevenção de inundações que aumentam durante a temporada de inverno.

Fora dos centros de Jerusalém e Tel Aviv,  o Ministério da Saúde advertiu que, devido à possibilidade das tempestades contaminarem  os reservatórios de abastecimento, os moradores das proximidades do Morto – incluindo Almog, Kalya, Ha´aravah Beit, Avnat, Yericho Vered, e locais turísticos da região – devem ferver a água  por pelo menos dois minutos, até novos avisos.

Na Cisjordânia, chuva forte e raios danificaram 19 casas hoje na área de Al-Janeed, a oeste de Nablus, causando danos significativos, segundo a  agência de notícias palestina Ma´na.  Chuva torrencial caiu de domingo para segunda-feira em Tulkarm também, inundando casas e estradas em toda a cidade.

Veja também

Festa das Luzes

Amigos e colegas de Diálogo! A Festa das Luzes é um encontro para todas as …

Deixe uma resposta