Camiseta “antissemita” é recolhida das lojas

A marca de roupas sueca H&M teve que recolher de suas lojas de todo o mundo camisetas que trazem uma Estrela de David e uma caveira superpostas, depois da acusação de que o desenho era antissemita. A peça para homens, também seria vendida em Israel, onde a empresa tem 14 lojas. A primeira crítica foi a do escritor israelense Nylon Aslan Levy, que em um blog do Times de Israel escreveu: “Duvido que houve intenções antissemitas. Mas a justaposição destes dois símbolos é totalmente inapropriada e ofensiva. Quanto mais a vejo, menos posso entender como a H&M criou e aprovou esta peça”.

Veja também

Lideres da B’nai B’rith se encontraram com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, em Jerusalém

O CEO Dan Mariaschin, Presidente Charles Kaufman, Chefe do World Center-Jerusalem Haim Katz e o …

Deixe uma resposta