B’nai B’rith se solidariza com freiras, após vandalismo em Belém

O presidente do Centro Mundial da B’nai B’rith, em Jerusalém e vice-presidente internacional sênior, e o diretor do  Centro Mundial Haim Katz e Alan Schneider visitaram o Mosteiro Beit Jamal, expressando solidariedade com a comunidade monástica de Bethlehem, depois do vandalismo, com slogans ofensivos em Deir Rafat. Ambos foram recebidos por duas freiras que expressaram profundo apreço pela solidariedade da B’nai B’rith e de muitos amigos judeus que demonstraram sua indignação após o vandalismo.

Veja também

Seminário e lançamento de livro marcam os sete anos da Cátedra da Cultura Judaica da PUC-SP

Nesta quarta-feira, 22 de novembro, a PUC-SP celebra os sete anos da Cátedra da Cultura …

Deixe uma resposta