B’nai B’rith Rio: intensa ação por Direitos Humanos e pela Paz

Durante muitos anos, voluntários da B’nai B’rith Rio tem se esmerado na realização e participação em importantes atividades na construção de um mundo melhor para todos (Tikun Olam)

Na área educacional as Jornadas Multidisciplinares de Direitos Humanos e Holocausto em parceria com a Secretaria Municipal de Educação para professores do Rio de Janeiro e de Niterói vem sendo promovida com grande sucesso (e serão detalhadas em artigo específico).

Há diversos anos Patricia Tolmasquim, presidente da Loja Albert Einstein, também tem desenvolvido uma ação efetiva na luta pelos direitos humanos. Pedagoga, com MBA em Administração e Gestão de Políticas Públicas, representa a Confederação Israelita do Brasil (Conib) no Conselho da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), que realizou recentemente sua IV Conferência Nacional em Brasília, da qual Patrícia participou da coordenação dos trabalhos.

Este ano promoveu extensa agenda no Brasil para duas representantes do Movimento Women Wage Peace: a israelense árabe muçulmana Nadia Younes e a israelense judia Esther Ciechanovsky. Elas foram recebidas na Arquidiocese de São Paulo na Comissão de Justiça e Paz em uma reunião com lideranças religiosas e comunitárias, pelo rabino Iehuda Gitelman na sinagoga Beth-El, debateram no Museu do Amanhã no Rio de Janeiro, o papel das mulheres nos acordos de paz, entre outros.

Este é um breve resumo do que vem sendo desenvolvido, sempre em consonância com os princípios da B’nai B’rith. A ação de nossos ativistas, os projetos, os programas realizados ao longo de mais de 80 anos, temos muito o que compartilhar.

IV CONAPIR – Brasilia


Patrícia Tolmasquim com a então ministra da
Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário Nunes.


Com a subsecretária da Mulher do RJ de Janeiro Cristiane Lamarão,
a israelense muçulmana Nadia Younes e a israelense judia
Esther Ciechanovsky do Movimento Women Wage Peace.


Com a menina Kayllane, atingida por uma pedra
quando saia de um culto de religião afrobrasileira


Na abertura do congresso da Word Union for Progressive Judaism – WUJP, na CIP,
com o presidente da B’nai B’rith do Brasil Abraham Goldstein e
a assessoria de Direitos Humanos Lia Bergmann
Na Congregação Israelita Paulista com a militante dos Direitos Humanos e membro
do Conselho Participativo de Imigrantes e Refugiados da Cidade de São Paulo, Clara Politi.


Evento em parceria com o Museu do Amanhã
sobre as mulheres em acordos de paz


Encontro com lideranças religiosas e femininas
organizado por Sheila Mann em São Paulo

Veja também

Alemanha: judeu é atacado por árabe e golpeado pela polícia

Um judeu israelense foi atacado por um árabe na cidade de Bonn, na Alemanha, e …