B’nai B’rith pede a Maduro que pare de incitar o ódio aos judeus

A B’nai B’rith solicitou ao presidente venezuelano Nicolás Maduro e aos em seu governo que são coniventes com suas expressões antissionistas que parem de fazer declarações incendiárias e depreciativas contra Israel, o que leva a incitação e medo da violência contra a comunidade judaica da Venezuela. “Nas últimas semanas, as afirmações de Maduro vem promovendo um novo nível de ódio”, disse o presidente internacional da B’nai B’rith Allan Jacobs, “perigoso para os judeus no país e totalmente fora de sintonia com o dever do governo de proteger os seus cidadãos.”

Veja também

Instituto Weizmann de Ciências oferece bolsas de estudos para alunos brasileiros estudarem em Israel

Até 25 de fevereiro os futuros cientistas devem se inscrever. É preciso ter terminado o …

Deixe uma resposta