B’NAI B’RITH LATINO-AMERICANA VOLTA A CONDENAR E REPUDIAR O TERRORISMO PALESTINO

Na quarta-feira 08 de junho à noite, dois terroristas do vilarejo de Yata, próximo de Hebron, entraram ilegalmente em Israel, e friamente começaram a atirar em civis em um restaurante do lado fora de um centro comercial de Tel Aviv, deixando quatro mortos e diversos feridos.

Um dos terroristas foi ferido e após sua detenção foi tratado por médicos israelenses no mesmo hospital israelense onde tentaram salvar as vidas dos civis atingidos por ele, enquanto o outro terrorista foi preso por um policial em serviço.

Ambos pertencem à organização do Presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, ou seja, a Fatah.

O grupo terrorista Hamas, por meio de um de seus líderes, Ismail Hannyieh imediatamente felicitou-o no Twitter pelo ataque terrorista e em muitas cidades palestinas, incluindo aquelas que estão sob a Autoridade Palestina, distribuiu doces e dispararam tiros para o ar para comemora os crimes.

No mês mais sagrado do Islã, do Ramadã, os palestinos muçulmanos, influenciados pelos terroristas, celebram a fé distribuindo doces. O apoio de vários líderes palestinos demonstra o distanciamento absoluto deles de qualquer vontade honesta de sentar-se a uma mesa de diálogo para a paz.

A B’nai B’rith condena o atentado e rechaça a reiterada ação de governantes palestinos que continuam acreditando na morte e desprezar a vida.

A B’nai B’rith ainda acredita que há vários lideres palestinos assim como muitos Palestinos e Palestinas que preferem a PAZ, numa solução de Dois Estados para Dois Povos.

A B’nai B’rith se solidariza com a profunda dor das famílias das vítimas da barbárie terrorista.

Veja também

B’nai B’rith Internacional celebra 175 anos

O CEO Dan Mariaschin falou sobre “Discurso de Ódio, Antissemitismo e Pluralismo Religioso”. em um …