B’nai B’rith lamenta e repudia horror em Nice: atingir quem celebra a liberdade é crime duplamente hediondo

A B’nai B’rith lamenta e repudia o inaceitável evento que matou mais de 80 pessoas e feriu gravemente dezenas, muitas delas crianças e jovens, na cidade francesa de Nice nesta quinta-feira, 14 de julho. Ato este, classificado pelo governo Francês como um ato terrorista.
O fato de escolher a data da celebração da  “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”, trazida pela Revolução Francesa, que estava sendo comemorada pelos que foram atingidos, é extremamente significativo.
Celebrar conquistas tão preciosas para a humanidade, que mudaram e marcaram a civilização ocidental com valores civis, morais e éticos, é um momento obrigatório e não só para os Franceses. Atentar contra a vida de quem celebra a LIBERDADE é crime duplamente hediondo.
A B’nai B’rith Brasil repudia este ato covarde e vil, e se solidariza com os familiares das vítimas e com o povo francês que mais uma vez está de luto, vitimado pelo brutal comportamento e ação de quem deseja impingir medo e dor.

Veja também

Federação Israelita do Estado de São Paulo repudia vinda do Aiatolá Mohsen Araki ao Brasil

A Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp), entidade que representa a comunidade judaica …