B’nai B’rith homenageia o presidente da Guatemala Jimmy Morales com o prêmio da Embaixada para Jerusalém

O presidente Jimmy Morales foi homenageado pela B’nai B’rith Internacional, na Casa da Cultura na Cidade da Guatemala, por sua decisão de transferir a embaixada de seu país para Jerusalém e pelo seu apoio inabalável a Israel.

O diretor internacional de Assuntos Latino-Americanos Eduardo Kohn, o vice-presidente da B’nai B’rith América Latina Marcelo Burman, o membro do Conselho de Governadores da B’nai B’rith, Samy Eppel, o diretor executivo do Distrito 23, Alberto Jabiles e o presidente da B’nai B’rith Guatemala Zelik Tenembaum participaram de uma reunião com Morales, o vice-presidente Jafeth Cabrera e a chanceler Sandra Jovel.

A delegação da B’nai B’rith presentou Jimmy Morales com um shofar e uma placa destacando o papel da Guatemala na defesa dos direitos humanos. Também louvou Morales por sua coragem e determinação pelo anúncio da embaixada e por reconhecer que Jerusalém é a capital de Israel. Além disso, a B’nai B’rith reiterou seu compromisso com os direitos humanos, a luta pela democracia e o relacionamento com a Guatemala.

Morales disse à delegação que mudar a embaixada para Jerusalém é a ação correta a tomar legal e historicamente. Ele também disse que a Guatemala é o aliado mais forte dos Estados Unidos, em combater e prevenir o terrorismo na América.

Nossa delegação afirmou a Morales que o povo judeu sempre agradeceria a Guatemala por seu papel crucial no nascimento de Israel e pelos grandes papéis que o embaixador Jorge García Granados e o presidente Juan José Arevalo desempenharam em reconhecer o estado judeu.

Veja também

Mergulho, peça sobre tolerância e identidade vai até 28/10

Espetáculo sobre tolerância, alteridade e diversidade estreou em outubro. Dirigido a jovens e adultos, a …