B’nai B’rith defende no The New York Times inserção de feriado de Yom Kippur no calendário da ONU

Dez datas constam como feriado no calendário das Nações Unidas. Dois são feriados católicos (Sexta-feira Santa e Natal), dois muçulmanos (Eid al-Adha e Eid al-Fitr) e seis feriados nacionais norte-americanos.  Apesar de existir comunidades judaicas em pelo menos120 países membros, não há nenhuma data sagrada para os judeus que conste do calendário oficial da ONU. No mês passado, 32 países se manifestaram a favor da inclusão do Yom Kippur (3-4 Outubro). em uma importante declaração de respeito ao judaísmo.

A B’nai B’rith considera esta iniciativa uma importante declaração de respeito ao judaísmo. Por isso escreveu para os membros da ONU que votarão o tema em setembro e defende a ideia em artigo no The New York Times.

A colaboração Op-Ed é de autoria do vice-presidente executivo da B’nai B’rith Internacional (BBI) Daniel S. Mariaschin e de David Michaels, diretor da BBI para as Nações Unidas e Assuntos Intercomunitários.

Leia a integra em:  Declare Yom Kippur a U.N. Holiday

Veja também

Festa das Luzes

Amigos e colegas de Diálogo! A Festa das Luzes é um encontro para todas as …

Deixe uma resposta