B’nai B’rith celebra Mês da Mulher com lideranças do Movimento Womem Wage Peace

No mês da mulher, duas lideranças do Movimento Womem Wage Peace (Mulheres Fazem a Paz) vieram ao Brasil participar de intensa programação no Rio de Janeiro e em São Paulo.
As duas israelenses, Nadia Yossef, árabe muçulmana e Sol Esther ,judia de família sefaradita marroquina contaram sobre a trajetória de luta pela presença das mulheres nas negociações de conflitos, conforme preconizado pela ONU.

Nadia Yossef, de família nobre, do Norte de Israel – Aldeia Ara, é formada em Educação Científica. Professora e Supervisora em Ciência e Tecnologia do Ministério da Educação. Membro permanente do Citizens Accord Forum. Ativista social em eventos de mulheres.

Sol Esther Ciechanovsky israelense, também do Norte, (do Ishuv Qatzir), sargento reformado do exército de Israel, é Bacharel em Teatro educacional e Educação especializada, e mestre pela Universidade de Tel Aviv.

No último dia 2 de março as duas líderes participaram de cabalat shabat na Congregação Judaica Brasileira, no Rio de Janeiro e, ao final do serviço religioso foram convidadas a falar pelo rabino Nilton Bonder.

Em uma parceria da B’nai B’rith – Loja Albert Einstein – e Museu do Amanhã, no dia 6 de março, o Movimento Women Wage Peace foi apresentado em evento no Observatório do Museu para uma conversa sobre a Resolução 1325, da ONU, que diz que as mulheres sofrem de maneira diferente os impactos da guerra, afirmando a necessidade de participação dessas em processo de decisão relacionados à prevenção ou resolução de conflitos.

Com a participação de Patrícia Tolmasquim, presidente da Loja Albert Einstein da B’nai B’rith Rio e ativista dos direitos humanos e Conselheira Nacional de Promoção da Igualdade Racial – CNPIR e de outras palestrantes convidadas.

No dia seguinte, foram convidadas a participar da Roda de Conversa em parceria com a Secretaria Estadual dos Direitos Humanos, da Mulher e do Idoso sobre o protagonismo das mulheres na Promoção da Paz, sendo recebidas pela Sub-Secretária da Mulher do Estado do Rio de Janeiro, Cristiane Lamarão.

A Revista ecumênica Koinonia entrevistou Nadia Yossef e Sol Esther sobre os temas: Mulheres, Violência, Paz e Intolerâncias, com transmissão online pelo Facebook, contando com a presença das mais diversas lideranças.

Em São Paulo, a sra. Zeinah Mourad ofereceu uma recepção a ambas em sua casa.

Posteriormente foram prestigiadas pelo rabino Iehuda Gitelman, no cabalat shabat realizado na Sinagoga Beth-El.

Assistiram à exibição do filme Hotel Everest, promovida pelo IBI Institut Brasil-Israel no edifício B’nai B’rith, efetuando perguntas no debate que se seguiu com a presença da diretora Claudia Sobral.

Encerrando a programação a Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo, o Movimento Me De a Sua Mão e a B’nai B’rith – Loja Albert Einstein, Rio de Janeiro- promoveram encontro na Cúria Metropolitana de São Paulo, no qual as duas representantes do Women Wage Peace puderam dialogar com lideranças locais.

Nadia Yossef e Sol Esther foram recebidas pelo presidente da Comissão Antônio Funari Filho, e falaram das dificuldades e alegrias que encontram em sua trajetória pelo protagonismo feminino em busca do diálogo e da paz entre israelenses e palestinos.

A israelense árabe muçulmana Nadia Yossef com o rabino Nilton Bonder,
após fala na Congregação Judaica Brasileira.
Ao meio Patrícia Tolmasquim, presidente da Loja Albert Einstein, da B’nai B’rith Rio.

Evento no Observatório do Museu do Amanhã, em parceria com a B’nai B’rith

Evento no Observatório do Museu do Amanhã

Entrevista na Revista Ecumênica Koinonia, com a presença de lideranças

Com a Subsecretaria da Mulher do Estado do Rio de Janeiro, Andrea Lamarão

Recepção na residência da Sra. Zenah Mourad em São Paulo,
com as presenças de Sheila Mann e Elizabete Chreen

Nadia Yossef e Claudia Sobral, diretora do filme Hotel Everest,
após exibição do documentário em evento do
IBI – Instituto Brasil- Israel, no edifício B’nai B’rith em São Paulo.

 

Após a exibição do filme Daniel Douek, Patrícia Tolmasquim,
B’nai B’rith Rio Nadia Yossef e Sam Osmo, da Loja Anne Frank, B’nai B’rith SP


Após a exibição do filme Daniel Douek, Patrícia Tolmasquim,
B’nai B’rith Rio Nadia Yossef e Sam Osmo, da Loja Anne Frank, B’nai B’rith SP

Jovens no evento do IBI – Instituto Brasil-Israel

 Na Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo,
em evento em parceria com o Movimento me De a Sua Mão

Clara, da Comissão de Justiça e Paz, Nadia Youssef, Sol Esther,
Patrícia Tolmasquim e Lia Bergmann, assessora de Direitos Humanos
da B’nai B’rith do Brasil na Arquidiocese de São Paulo

Yossef coloca pulseira do Movimento no presidente da
Comissão de Justiça e Paz Antônio Funari Filho

 

Veja também

Convenção da Conib ganha brilho filosófico com presença de Bernard-Henri Lévy

De 23 a 25 de novembro, a Confederação Israelita do Brasil (Conib) promoveu em São …