Bebê “ariano perfeito” de propaganda nazista era uma criança judia

A foto ganhadora de um concurso que escolheu o “bebê ariano ideal”, promovido pelo partido nazista alemão em 1935 era, na verdade, de uma criança judia. A afirmação foi feita pela professora de química Hessy Taft, de 80 anos, protagonista da foto, ao jornal alemão “Bild”. Antes de a 2a Guerra Mundial começar, sua mãe levou-a para ser fotografada por Hans Ballin em Berlim e soube depois que o fotógrafo enviou a foto do bebê, então com seis meses, para o concurso, pois “queria ridicularizar os nazistas”.

Ao ver a foto de Hessy na capa da revista nazista “Sonne ins Haus”, seus pais procuraram escondê-la, e mais tarde fugiram para Paris. Hessy, que mora em Nova York (EUA), doou o exemplar da revista com a foto na capa ao Memorial do Holocausto Yad Vashem, em Israel.

 

Veja também

B’nai B’rith na 10ª caminhada que reuniu 50 mil em prol da liberdade religiosa no RJ

A comunidade judaica participou em peso no domingo, 17 de setembro, com milhares de pessoas …

Deixe uma resposta