Bebê “ariano perfeito” de propaganda nazista era uma criança judia

A foto ganhadora de um concurso que escolheu o “bebê ariano ideal”, promovido pelo partido nazista alemão em 1935 era, na verdade, de uma criança judia. A afirmação foi feita pela professora de química Hessy Taft, de 80 anos, protagonista da foto, ao jornal alemão “Bild”. Antes de a 2a Guerra Mundial começar, sua mãe levou-a para ser fotografada por Hans Ballin em Berlim e soube depois que o fotógrafo enviou a foto do bebê, então com seis meses, para o concurso, pois “queria ridicularizar os nazistas”.

Ao ver a foto de Hessy na capa da revista nazista “Sonne ins Haus”, seus pais procuraram escondê-la, e mais tarde fugiram para Paris. Hessy, que mora em Nova York (EUA), doou o exemplar da revista com a foto na capa ao Memorial do Holocausto Yad Vashem, em Israel.

 

Veja também

Comunidade judaica paulista promove evento pelo Dia Internacional em Memória às Vítimas do Holocausto

Por ocasião do Dia Internacional em Memória às Vítimas do Holocausto, a Confederação Israelita do …

Deixe uma resposta