Arqueólogos encontram evidências do Tabernáculo em Shiloh

De acordo com a Bíblia, quando os antigos israelitas liderados por Josué entraram na terra de Israel, a cidade de Shiloh tornou-se o lugar do Tabernáculo, que continha a Arca da Aliança.

 

Arqueólogos em Shiloh descobriram recentemente buracos escavados na rocha semelhantes aos que poderiam ter sido usados para sustentar vigas temporárias utilizadas para uma estrutura temporária, como o Tabernáculo israelita.

Ali perto foram descobertos artefatos que datam da época de Josué, como grandes fornos e vasos de barro.

 

“Isso não era comum em residências particulares e, portanto, não acreditamos que estas estruturas serviram como habitações familiares”, explicou Hananya Hizmi, da Administração Civil da Judéia e Samaria

Os arqueólogos acreditam ter descoberto evidências de que o canto sudoeste do muro de Shiloh seria do antigo Tabernáculo, mas continuam cautelosos, até que o estudo seja concluído.

 

No passado, os arqueólogos descobriram ossos de animais sacrificados, perto do local onde acredita-se que o Tabernáculo se situava, e a datação dos ossos corresponde com a narração da Bíblia hebraica. Na área de Shiloh, cerâmica e estatuetas egípcias foram encontradas, assim como um belo mosaico antigo com uma estrela de David, vinho e prensas de azeite que datam de milhares de anos, restos de uvas passas, piscinas para banhos e cisternas. A área para os banhos devem ter sido usadas pelos sacerdotes antes de entrar no Tabernáculo.

Veja também

Palestinos manterão luta pacífica, diz Abbas a palestinos da América Latina

Em carta dirigida à comunidade palestina da América Latina, o presidente da Autoridade Palestina, Mahmud …

Deixe uma resposta